Em entrevistas ao vivo em Brasília/DF, nessa segunda-feira, dia 2, e terça-feira, dia 3, o Analista-Tributário aposentado, Francisco Pinto, secretário de Finanças da Delegacia Sindical Porto Velho/RO, falou sobre as regras e o prazo da Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda da Pessoa Física do exercício de 2020, ano-calendário de 2019-IRPF/2020.

Pela manhã do dia 2, falando ao programa “Revista Brasil”, da Rádio Nacional de Brasília (EBC), com o âncora Valter Lima, o entrevistado abordou as regras e o prazo da declaração, situações que obrigam declarar, as deduções permitidas pela legislação e as mudanças neste ano. “Uma das mudanças neste ano é a não prorrogação da dedução da contribuição patronal do empregado doméstico. A legislação que permitia a dedução não foi prorrogada. Outra mudança significativa foi a redução de sete para cinco lotes de restituição sendo que o primeiro lote vai ser creditado no dia 29 de maio, os demais no último dia útil dos meses seguintes, de modo que o último vai ser dia 30 de setembro”, disse.

Francisco Pinto respondeu a dezenas de perguntas dos ouvintes e dos âncoras do “Revista Brasil” em São Paulo, Rio de Janeiro e até do Alto Solimões, no Amazonas.  Clique para ouvir a entrevista. 

Pela tarde, a entrevista, de uma hora, foi ao programa “Justiça na Tarde”, da Rádio Justiça (STF), também com o jornalista Valter Lima. O entrevistado esclareceu a dezenas de dúvidas sobre rendimentos tributáveis, isentos e não tributáveis, deduções permitidas, como dependentes, despesas médicas, despesas com instruções, doações ao Estatuto da Criança e do Adolescente-ECA, ao Estatuto do Idoso, declaração de bens e direitos e dívidas e ônus reais. Confira aqui a entrevista.

Malha Fina

Causas que levam à retenção da declaração do IRPF na “Malha Fina” e como evitá-la também foram tema das entrevistas. ”O cidadão deve declarar todos os rendimentos, inclusive do dependente, ainda que os valores recebidos por este não o obriguem declarar, e só incluir despesas dedutíveis permitidas pela legislação”, esclareceu.

Na terça, 3, pela manhã, o representante do Sindireceita de Rondônia voltou ao programa “Revista Brasil”, desta vez, com a âncora Fátima Santos, e novamente respondeu a perguntas sobre o IRPF/2020 dos estúdios da Rádio Nacional, de ouvintes locais e dos âncoras do programa no Rio e em São Paulo.

Há cerca de oito anos o Analista-Tributário aposentado colabora com a imprensa de Brasília sobre questões tributárias, em especial, sobre o Imposto de Renda. Ouça a entrevista.