O Analista-Tributário da Receita Federal do Brasil (RFB) aposentado e secretário de Finanças da DS Porto Velho/RO, Francisco Pinto, esclareceu dúvidas sobre a Declaração do IRPF/2019 no programa de TV Fala Rondônia, nesta terça-feira, dia 30.

Durante a entrevista, Francisco Pinto lembrou que há multa mínima de R$ 165,74 para quem atrasar a entrega da declaração. Além disso, deu dicas de como evitar a multa e para aqueles que ainda não têm todas as informações. “A dica é entregar a declaração com base nas informações de que dispõe. Depois é só preencher e transmitir uma declaração retificadora com as informações que faltavam. Fazendo assim evita a multa por atraso na entrega”, declarou.

O entrevistado respondeu a várias perguntas dos jornalistas e dos telespectadores a respeito das regras do Imposto de Renda da Pessoa Física. Informou ainda que “o prazo de cinco anos para a guarda da documentação que serve de base para a declaração é contado do ano seguinte ao da entrega e não do ano-calendário ou do exercício, o que resulta em sete anos, incluindo o ano do fato gerador da obrigação”.