Analistas-Tributários da Alfândega do Aeroporto de Viracopos atuaram na manhã de hoje, dia 6, em conjunto com as Polícias Federal, Civil e Militar na operação Overload. A ação resultou na prisão de funcionários de empresas de transporte internacional e prestação de serviços envolvidos no tráfico de drogas.

A organização criminosa é composta por brasileiros responsáveis pelo fornecimento de cocaína que seria exportada para a Europa. O grupo aliciava funcionários do aeroporto para que interferissem a favor da quadrilha nas atividades de logística do terminal.

As investigações começaram a partir da realização de apreensões, na área restrita de segurança do terminal, de dezenas de quilos de cocaína antes do embarque. As investigações mapearam ainda a rede criminosa, identificando as respectivas lideranças, as pessoas com quem se relacionaram e o processo empregado na exportação de grande quantidade de cocaína com destino ao continente europeu. A quadrilha também operava para ocultar o lucro obtido com o empreendimento criminoso.

Com a concretização da ação, a expectativa é de uma redução do volume de drogas apreendidas no âmbito do Aeroporto de Viracopos.  (Com informações da Seção de Comunicação Institucional da Receita Federal em São Paulo)

ATRFB em ação

Como atividade essencial à proteção da sociedade e do Estado, os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil que atuam na Aduana mantêm a rotina de trabalho nos postos de fronteira terrestre, aeroportos e portos de todo o país.

Inclusive, os Analistas-Tributários reforçaram sua atuação para contribuir com a sociedade nesse momento, reafirmando o objetivo de garantir controle aduaneiro nas atividades de importação e exportação e, principalmente, assegurar a realização das atividades de fiscalização, vigilância e repressão, mesmo durante a pandemia de coronavírus.

Os Analistas-Tributários estão na linha de frente atuando na facilitação do comércio exterior, mas agindo também para garantir o combate ao contrabando, descaminho e tráfico internacional de drogas por todo o país.