Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil atuaram na apreensão, nesta última segunda-feira (23), de 240 kg de cocaína no Porto de Paranaguá, no litoral do Paraná. A droga tinha como destino o Porto de Algeciras, na Espanha.

A cocaína estava escondida em meio a uma carga de papel e os pacotes estavam cobertos por molho de mostarda, uma estratégia para despistar os cães farejadores. Essa foi a sétima apreensão feita em 2020 no principal terminal marítimo do estado, são 2.302 kg o total de cocaína apreendida no Porto de Paranaguá, neste ano.

Como atividade essencial à proteção da sociedade e do Estado, os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil que atuam na Aduana mantêm a rotina de trabalho nos postos de fronteira terrestre, aeroportos e portos de todo o país.

Inclusive, os Analistas-Tributários reforçaram sua atuação para contribuir com a sociedade nesse momento, reafirmando o objetivo de garantir controle aduaneiro nas atividades de importação e exportação e, principalmente, assegurar a realização das atividades de fiscalização, vigilância e repressão, mesmo durante a pandemia de Coronavírus.

Os Analistas-Tributários estão na linha de frente atuando na facilitação do comércio exterior, mas agindo também para garantir o combate ao contrabando, descaminho e tráfico internacional de drogas por todo o país.

Nosso objetivo é facilitar e manter a segurança do fluxo do comércio internacional por nossas fronteiras.