Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) atuaram na apreensão de 3 mil produtos Apple falsificados nesta segunda-feira, dia 11, em Manaus/AM. A apreensão ocorreu no âmbito da operação Maçã Proibida, deflagrada na manhã de ontem pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor e Ouvidoria (Semdec), juntamente com a Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Decon), o Procon Manaus e a RFB.

A apreensão ocorreu em duas lojas do Centro de Manaus, que foram autuadas administrativamente pelo Fisco e Procon do município. Um representante da empresa Apple esteve na capital amazonense para formalizar denúncia e acompanhar a operação. Todos os itens apreendidos serão periciados e destruídos, e o proprietário dos produtos foi notificado e responderá por crimes contra relação de consumo e contrabando de produtos falsificados.

O balanço da ação será apresentado às 9h30 desta terça-feira, dia 12, na sede da Decon, pelo secretário interino da Semdec, Rodrigo Guedes; pelo delegado Eduardo Paixão; e pelo chefe do Serviço de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho (Serep) da Receita Federal, Paulo Galdino.