Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil atuam na apreensão de mais de 1,2 tonelada de cocaína no Porto de Itajaí/SC. A droga foi localizada em uma carga de madeira dentro de um contêiner. De acordo com a assessoria da Receita Federal, a apreensão está entre as maiores já ocorridas no complexo do Porto de Itajaí.

A carga é proveniente de Canela/RS e tinha como destino a Bélgica e seria embarcada na quarta-feira, dia 3. A cocaína foi localizada por meio das imagens de um escâner durante uma fiscalização de rotina.

Por nota, o Porto de Itajaí informou que o caminhão com o contêiner passou por um portão no terminal na noite de 28 de junho. A passagem foi feita pelo escâner e os profissionais do sistema de segurança perceberam imagens suspeitas e enviaram dados e fotos para a Receita Federal. A Polícia Federal e a Receita Federal devem investigar se os importadores e exportadores têm relação com a cocaína, já que a droga pode ter sido colocada na embarcação e na carga sem que as empresas envolvidas soubessem.