Analistas-Tributários do Serviço de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho da Alfândega do Porto de Manaus (Serep) atuaram na retenção de produtos eletrônicos importados em fiscalização de voos domésticos realizada no terminal de passageiros do aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus. A ação ocorreu no fim de semana. O valor da mercadoria retida é de R$ 10 mil.

Na fiscalização do voo procedente de Guarulhos (SP) foi identificado um passageiro que transportava uma mala contendo grande quantidade de produtos de origem estrangeira. Ao ser questionado sobre a documentação das mercadorias, o passageiro declarou que não tinha as notas fiscais de compra, nem outro documento para comprovar que as mercadorias foram importadas de acordo com as normas aduaneiras do Brasil.

A ação resultou na apreensão de 235 produtos eletrônicos. O passageiro foi liberado. Caso ele não comprove o pagamento dos impostos sobre as mercadorias, poderá ser indiciado pelo crime de descaminho.