Nesta quinta-feira, dia 23, Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) atuaram na apreensão de 130 tabletes de maconha do tipo skunk, avaliados em R$ 1,5 milhão, em dois barcos que navegavam pelo Rio Solimões. A ação contou com a participação do Departamento de Investigação Sobre Narcóticos (Denarc), do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (Fera), da Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Manacapuru/AM e da Delegacia Fluvial (Deflu). Os entorpecentes foram encontrados com apoio do cão de faro Odin, da RFB.

As embarcações, provenientes dos municípios de Japurá e Tefé, tinham como destino Manaus/AM. Após a abordagem, os servidores encaminharam os dois barcos ao Porto de Manacapuru para a realização de vistoria. Na primeira embarcação, foi detectada a presença de um carro modelo Volkswagen contendo 87 tabletes da droga. No segundo barco, a revista dos servidores localizou três botijas com 25 quilos da droga, além de outros sete tabletes no interior de uma mochila.

As equipes prosseguirão com as investigações para identificar os donos das embarcações, o proprietário do material ilícito e o destino que a carga de entorpecentes teria em Manaus.

ATRFB em ação

Como atividade essencial à proteção da sociedade e do Estado, os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil que atuam na Aduana mantêm a rotina de trabalho nos postos de fronteira terrestre, aeroportos e portos de todo o país.

Inclusive, os Analistas-Tributários reforçaram sua atuação para contribuir com a sociedade nesse momento, reafirmando o objetivo de garantir controle aduaneiro nas atividades de importação e exportação e, principalmente, assegurar a realização das atividades de fiscalização, vigilância e repressão, mesmo durante a pandemia de coronavírus.

Os Analistas-Tributários estão na linha de frente atuando na facilitação do comércio exterior, mas agindo também para garantir o combate ao contrabando, descaminho e tráfico internacional de drogas por todo o país. Nosso objetivo é facilitar e manter a segurança do fluxo do comércio internacional por nossas fronteiras.

 

#sindireceita #analistatributário #receitafederal #aduana #apreensão #fronteira