Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) atuaram na retenção de cerca de 3,2 mil produtos falsificados das marcas Apple e Motorola na manhã desta quinta-feira, dia 13, no Centro de Manaus/AM. A ação ocorreu no âmbito da operação Fruto Proibido, deflagrada pela Delegacia Especializada em Crimes contra o Consumidor (Decon) em parceria com a Secretaria Municipal de Defesa do Consumidor e Ouvidoria – Procon Manaus (Semdec).

As investigações sobre o caso ocorrem há cerca de três meses. Representantes da Apple e Motorola no Brasil estiveram em Manaus e formalizaram denúncia sobre os produtos falsificados, sonegação e pirataria usando as marcas. Os produtos falsificados, entre eles carregadores, capas de celular e fones de ouvido, foram encontrados em cinco lojas, que foram autuadas administrativamente pelos servidores da RFB e Procon.

Os proprietários dos estabelecimentos comerciais também foram notificados e responderão por crime contra as relações de consumo e contrabando de produtos falsificados.