Analistas – Tributários da Receita Federal atuaram na retenção de 1.400 pacotes de mercadorias sem notas fiscais na central de distribuição dos Correios em Londrina, no norte do Paraná, durante a operação Escudo, que começou na segunda-feira (10) e segue até sexta-feira (14). Nesta primeira etapa, além de Londrina, as fiscalizações se concentram em transportadoras de Maringá e em Dionísio Cerqueira (SC).  O objetivo é combater o contrabando vindo das fronteiras.

O total de produtos ilegais encontrados pelos Analistas-Tributários contabilizou R$ 1 milhão. Em Londrina, foram apreendidas mercadorias importadas, como celulares e eletrônicos, sem a documentação exigida. Foi necessário o uso de um caminhão para transportar as 1.400 caixas.

Em Santa Catarina, as fiscalizações foram realizadas em estradas, transportadoras e correios. Nas transportadoras e correios foram retidos 150 pacotes e caixas, contendo principalmente celulares e vinhos. O valor estimado das retenções soma R$ 100 mil.

Somente no Paraná as retenções de mercadorias no primeiro semestre somam R$ 342 milhões. Esse valor corresponde a 24,7% do total de apreensões realizadas em todo o país pela Receita Federal no período. De janeiro a junho as apreensões no Brasil somaram R$ 1,38 bilhão.

Fonte: Receita Federal