Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) atuaram na retenção de cerca de R$ 7,5 milhões em mercadorias no dia 6 de agosto, no Porto de Vila do Conde, em Barcarena/PA. A ação contou com a participação da Divisão de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho da 2ª Região Fiscal (RF) e apoio da Alfândega de Belém, por meio da Inspetoria de Barcarena. A operação faz parte de um conjunto de ações integradas para fortalecimento da vigilância na 2ª RF.

Na ocasião, os servidores retiveram 670.800 pacotes, com 30 unidades cada, de incenso/repelente chinês, totalizando R$ 7.334.800,00. Na Declaração de Importação constava material diverso do apreendido na tentativa de ludibriar a fiscalização. Os servidores também retiveram 2.000 transceptores (TV BOX) para análise fiscal, somando R$ 218.000,00.

ATRFB em ação

Como atividade essencial à proteção da sociedade e do Estado, os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil que atuam na Aduana mantêm a rotina de trabalho nos postos de fronteira terrestre, aeroportos e portos de todo o país.

Inclusive, os Analistas-Tributários reforçaram sua atuação para contribuir com a sociedade nesse momento, reafirmando o objetivo de garantir controle aduaneiro nas atividades de importação e exportação e, principalmente, assegurar a realização das atividades de fiscalização, vigilância e repressão, mesmo durante a pandemia de coronavírus.

Os Analistas-Tributários estão na linha de frente atuando na facilitação do comércio exterior, mas agindo também para garantir o combate ao contrabando, descaminho e tráfico internacional de drogas por todo o país. Nosso objetivo é facilitar e manter a segurança do fluxo do comércio internacional por nossas fronteiras.

#sindireceita #analistatributário #receitafederal #aduana #apreensão #fronteira