Analistas-Tributários da Alfândega da Receita Federal do Brasil no Porto de Itajaí/SC atuaram em conjunto com a Polícia Federal nesta quinta-feira (26) na Operação “Cavalo de Pau” para verificar a regular importação das motos aquáticas nas marinas especializadas no Porto de Itajaí/SC e região.

A ação inclui a participação de 20 servidores da Receita Federal e da Polícia Federal e conta com apoio do helicóptero e da lancha da Receita Federal. A expectativa é que ao menos 500 motos aquáticas sejam vistoriadas e fiscalizadas para verificar a regular importação. Os valores dos veículos variam de R$ 50 mil a R$ 150 mil.

O nome da operação faz alusão a uma manobra de 180 graus, simbolizando uma mudança de rumo para quem se beneficia da sonegação fiscal.