Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil atuaram na manhã desta terça-feira, dia 16, na retenção de mais R$ 14 milhões em rubis no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu. As pedras estavam escondidas na bagagem de dois passageiros. Os rubis foram descobertos ao passarem pelo scanner da Receita Federal.  Ao todo, 7,5 kg da pedra foram retidos.

Segundo a Receita Federal, a nota fiscal de transporte tinha o mesmo nome para destinatário e remetente. O valor na nota era de R$ 81 mil, entretanto, um especialista avaliou o produto e chegou ao valor de R$ 14 milhões.

Os passageiros saíram de Cascavel/PR, e viajariam para Guarulhos/SP. O destino final das pedras era Portugal, onde a mercadoria seria comercializada.

As pedras e os dois passageiros foram encaminhados à Delegacia da Polícia Federal de Foz para prestar esclarecimentos. Se não apresentarem provas sobre a legalidade da extração do minério, devem ficar presos por pelo menos cinco anos, além de pagar multa.

(Com informações da Receita Federal)