paralisação_florianópolis3

Analistas-Tributários lotados nas Delegacias da Receita Federal de Florianópolis, Joinville e Blumenau/SC e nas Agências da Receita Federal de Timbó e Brusque/SC fortaleceram nessa quarta-feira, dia 27, a paralisação de advertência para cobrar o reconhecimento legal das atribuições da categoria, exigindo que a administração da Receita Federal promova de forma isenta o Mapeamento de Processos de Trabalho, que pretende determinar a área de atuação dos servidores do órgão.

Em Santa Catarina, a categoria está fortemente mobilizada, com paralisações de quase 100% em Joinville, Blumenau e Florianópolis. Na Alfândega no Porto de São Francisco do Sul e Itapoá a adesão também foi de quase 100% à paralisação e em Porto de Itajaí, os Analistas-Tributários suspenderam o atendimento na Alfândega. As Agências da Receita Federal de Timbó e Brusque também participaram do movimento. Os Analistas-Tributários destacaram a importância do momento, da união da categoria e da luta pelos ideais em comum. 

paralisação_florianópolis2

A paralisação marca o lançamento da campanha “Contagem Regressiva pelas Atribuições”, que trata da contagem regressiva para a conclusão do Mapeamento de Processos de Trabalho por parte da administração da Receita Federal, cujo prazo encerra-se em 30 de junho. 

paralisação_florianópolis4