Analistas-Tributários da Receita Federal e Delegados Sindicais de diversos estados e membros da Diretoria Executiva Nacional do Sindireceita, que participam neste sábado e domingo, 3 e 4/02, da reunião do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe) e do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típica de Estado (Fonacate), fizeram no comecinho da manhã deste sábado, no Hotel San Marco, em Brasília, uma reunião preparatória para a reunião ampliada que ocorre durante todo o fim de semana.

Odair Ambrosio, diretor de Comunicação Social do Sindireceita, alertou durante a reunião prévia que manter a mobilização contra a reforma da Previdência é essencial para galgar bons resultados nas campanhas realizadas. Ele abordou a metodologia de trabalho parlamentar acordada entre a DEN e as bases; falou dos produtos e serviços que a Assessoria de Comunicação disponibiliza para a realização deste trabalho parlamentar nas bases e nos parlamentos estaduais e nacional; reforçou a importância do trabalho parlamentar realizado no Congresso Nacional; repassou para os ATRFBs e delegados sindicais as informações sobre o Bônus de Eficiência e sobre o decreto de Progressão, além de outros assuntos de interesse da categoria.

Ricardo Ramos (de Formação Sindical e Relações Intersindicais) abordou a importância da mobilização nos escritórios regionais dos parlamentares. “Temos que realizar visitas aos escritórios regionais para conscientizar o parlamentar e as visitas devem ser realizadas com o maior número de Analistas possível”, observou.

O diretor Breno Rocha explicou as ações realizadas pela DS Brasília contra a reforma da Previdência. “Vamos colocar outdoors e front lights com a temática previdenciária em vários pontos do Distrito Federal. Na próxima segunda-feira participaremos de ato convocado pelo Fonasefe no aeroporto da capital brasileira para abordar os parlamentares que chegam para o início do ano parlamentar”.

 

Confira abaixo a programação ocorrida na Reunião Ampliada do Fonasefe e Fonacate:

 

DIA 03/02 (SÁBADO)

9h00 às 12h00 – MESA DE ABERTURA:

Os desafios da atual conjuntura política, seus impactos nos serviços públicos e na sociedade brasileira.

14h às 19h – PAINÉIS

1 – Emenda Constitucional nº 95/2016 e seus impactos no serviço público.

2 – Reforma Trabalhista e terceirização.

3 –  Reforma da Previdência e os regimes próprios.

4 – As medidas do governo e seus impactos para o serviço público e para os servidores com foco no Decreto nº 9.262, que extingue 60.923 cargos da Administração, PLS 116/17, MP 805/17 (aumenta a alíquota da previdência e prorroga aumento salarial), PLP 459/17 e pacote do governo (proíbe concursos, PDV, dentre outros).

5 – Perspectivas para a Campanha Salarial 2018, com foco no PLS 3831/15 (negociação coletiva), Decreto Presidencial nº 7944/2013, Convenção nº 151 da OIT, Recomendação nº 159 da OIT, Decreto Legislativo nº 206/2010  e Acórdão do STF no MI 712 (que determina a aplicação Lei nº 7.783/89  e estrutura a forma do julgamento das greves no serviço público).

DIA 04/02 (DOMINGO)

8h30 às 12h00 – GRUPOS DE TRABALHO

Debates e estratégias de enfrentamento.

14h00 às 18h00 – Apresentação dos trabalhos em grupo e encaminhamentos.