adesivo DIA DO SIM1_DESTAQUE FINAL

Nesta quinta-feira, dia 17, Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil estarão unidos para o fortalecimento da mobilização “Dia Nacional do SIM”. Além da defesa dos três temas centrais da luta da categoria como salário, respeito e mapeamento, os Analistas-Tributários também reivindicam a falta de definição sobre Bônus de Eficiência e o adiamento do reajuste salarial dos servidores públicos de janeiro para agosto, ainda em negociação, além da suspensão de concurso público para 2016.

O “Dia Nacional do SIM” reforça o repudio às novas medidas do pacote de ajuste fiscal apresentadas pelo Governo Federal nessa segunda-feira, dia 14. O Dia Nacional do SIM coloca em evidência não apenas as perdas dos direitos dos Analistas-Tributários, mas também destaca a sociedade brasileira como a maior vítima do corte de gastos do governo.

Os Analistas-Tributários pretendem intensificar a pressão junto ao governo para melhorar o índice de reajuste salarial e dos demais benefícios, bem como expressar a indignação da categoria perante as ações da administração da RFB que tem atuado sempre na defesa de um dos cargos em detrimento dos demais servidores. Além de pressionar a Receita Federal para garantir que o Mapeamento de Processos de Trabalho seja conduzido de forma isenta.

Vale destacar que durante o “Dia Nacional do SIM” não haverá atendimento ao contribuinte nas Agências, Delegacias, Inspetorias, Alfândegas em todo o País. Com a paralisação não serão emitidas certidões negativas e todos os processos de cobrança ficaram sobrestados; as atividades de fiscalização, vigilância e repressão nos portos, aeroportos e postos de fronteiras também serão interrompidas.

O momento exige a participação e união de todos os Analistas-Tributários. Chegamos a um ponto de definição que envolve os interesses de cada um de nós. Ao mesmo tempo estamos lutando por valorização dos nossos salários, reconhecimento em Lei de nossas atribuições e pela construção de um espaço digno de trabalho, por respeito e pelo fim do assédio moral e também combatendo o corporativismo exacerbado que tomou conta de unidades da Receita Federal em todo o País.

A construção de um novo ambiente de trabalho, a consolidação de nossas garantias e prerrogativas funcionais e a eliminação das injustiças e da falta de respeito ao nosso cargo dependem da mobilização de todos nós. É fundamental a participação de cada Analista-Tributário nas Assembleias, reuniões e atos que serão realizadas nesta quinta-feira por todo o País.

A hora é de luta, de união e de combater de frente todas as tentativas de desvalorização do nosso cargo e de retirada de nossas atribuições.

Conclamamos a todos para que participem da mobilização do “Dia Nacional do SIM”.