Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) participaram na manhã desta segunda-feira, (06), da apreensão de grande quantidade de substância análoga à cocaína, em abordagem realizada na Aduana da Ponte Internacional da Amizade, em Foz do Iguaçu/PR. O trabalho foi realizado no âmbito da Operação Fronteira Integrada, em ação conjunta de servidores da Receita Federal, policiais do BPFron e da Força Nacional,

Por volta das 7h, foi abordado um veículo Hyundai de placas paraguaias que atravessava a fronteira em direção ao Brasil. Durante a fiscalização, percebeu-se um nervosismo excessivo do condutor, um homem paraguaio de 29 anos, que vinha de “Ciudad del Este” para Foz do Iguaçu. Inicialmente notaram-se algumas alterações nas características do banco traseiro do veículo e, antes de se iniciar a inspeção detalhada, o condutor evadiu-se correndo a pé, em direção ao Paraguai. Os servidores imediatamente acompanharam o suspeito que foi contido ainda do lado brasileiro da ponte.

Em seguida, após prosseguir com a vistoria no veículo, foram encontrados 85 tabletes de substância análoga à cocaína escondidos em um fundo falso no banco traseiro. No total havia 90,7 kg da substância. O condutor confessou que a droga seria entregue em Foz do Iguaçu/PR e que receberia a quantia de R$ 1 mil para realizar o transporte e entregá-lo a outra pessoa em Foz do Iguaçu. O homem, a droga e o veículo foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal em Foz do Iguaçu/PR para os procedimentos cabíveis.

A Operação Fronteira Integrada está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalização atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros. Participam da Operação a Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar do Paraná – BPFRON, Força Nacional de Segurança – FNSP e Foztrans – Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu.