Analistas-Tributários da Receita Federal participaram da apreensão de quatro armas de fogo, nesta quinta-feira (23), na barreira de fiscalização instalada ao lado da praça de pedágio em São Miguel do Iguaçu/PR. A apreensão foi durante abordagem da Operação Muralha, realizada entre servidores Receita Federal em conjunto com policiais do BPFron.

Por volta das 20h, um ônibus da linha Foz do Iguaçu/PR – São Paulo/SP passou por abordagem de rotina.  Em vistoria ao veículo, foram encontradas, no banheiro do ônibus, envolto a um saco de lixo, 4 pistolas marca Gloc, calibre .40, com as numerações suprimidas, além de 8 carregadores municiados com 117 munições calibre .40, marca Federal. Com o intuito de localizar o proprietário dos armamentos, foram realizadas buscas nas bagagens que se encontravam no bagageiro coletivo e diretamente nos passageiros, porém sem êxito. Diante dos fatos, toda a apreensão foi encaminhada para a Delegacia da Polícia Civil de São Miguel do Iguaçu/PR para os procedimentos cabíveis.

A Operação Muralha, que envolve servidores da Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil do Paraná, Polícia Militar do Paraná – BPFRON, Marinha e Exército brasileiros, teve início no dia 3 de maio, sem prazo de encerramento.

Essa iniciativa está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalizações atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros. Participam da Operação a Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar do Paraná – BPFRON, Força Nacional de Segurança – FNSP e Foztrans – Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu