Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) participaram da maior apreensão de madeira nos últimos anos no Pará. As toras de madeiras estavam acondicionadas em 92 contêineres, que seriam destinadas à exportação.

A apreensão ocorreu durante ações realizadas no âmbito da Operação Ágata, realizada no acesso fluvial a Belém do Pará nas proximidades do município de Barcarena, em abordagem a um empurrador e duas balsas procedentes de Manaus, no último domingo (03).  Durante a operação, a Equipe da Divisão de Repressão da Receita Federal na 2ª Região (Direp02) atuou em ação conjunta com a Marinha do Brasil.

A verificação apontou que a carga estava desacompanhada da documentação ambiental necessária que a amparasse, em especial, as autorizações do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Após contato com o órgão ambiental.