Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) participaram nesta segunda-feira, dia 15, da apreensão de cigarros e de grande quantidade de munições durante abordagens realizadas no âmbito da Operação Fronteira Integrada, na aduana da Ponte Internacional da Amizade, em Foz do Iguaçu/PR. A operação conta com a participação de servidores da RFB, de policiais do BPFron e da Força Nacional.

Por volta das 15h, os servidores abordaram uma van com placas paraguaias ocupada por condutor e cinco passageiros, sendo eles três mulheres, uma criança e um homem. Os servidores solicitaram que o veículo fosse desocupado para fiscalização detalhada do seu interior. No momento em que um dos servidores entrou na van, um dos passageiros, um paraguaio de aproximadamente 30 anos, evadiu-se correndo em sentido ao Paraguai, não tendo sido possível contê-lo no percurso. Os servidores retomaram a fiscalização da van e encontraram, além de mercadorias comuns, uma bolsa contendo 4500 munições, sendo 4350 de calibre 22, 20 de calibre 25, 10 de calibre 32, 20 de calibre .40 e 100 de fuzil, além de 73 pacotes de espoletas. O condutor e os demais passageiros foram liberados e as munições encaminhadas para a Delegacia de Polícia Federal.

Ainda nesta segunda-feira, por volta das 13h40, uma van com placas paraguaias foi abordada ao atravessar a fronteira sentido Foz do Iguaçu. A revista no interior do veículo identificou caixas carregadas com 150 pacotes de cigarros, o equivalente a 1500 maços, avaliados em aproximadamente R$7mil. Após entrevista pessoal, um dos passageiros alegou que os cigarros eram seus e que levaria até Foz do Iguaçu para revender. A mercadoria foi retida para os procedimentos cabíveis e o passageiro liberado.

(Com informações da Assessoria de Comunicação da Alfândega da Receita Federal do Brasil em Foz do Iguaçu/PR).