Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) participaram da apreensão de drogas e cigarros, nesta quarta-feira (02). A apreensão ocorreu durante ação de fiscalização da Receita Federal e do BPFRON, em Foz do Iguaçu/PR, no âmbito da Operação Muralha.

Na tarde de quarta-feira (02), um homem em uma moto tentou desviar da fiscalização por uma estrada de terra antes da barreira montada para a Operação Muralha. Porém, a tentativa de fuga foi frustrada por servidores da Receita Federal e do BPFRON, que o abordaram em conjunto. Durante a fiscalização, foi constatado que o condutor carregava 95 maços de cigarros em um compartimento de carga no veículo. Em depoimento, o indivíduo disse que levaria a mercadoria até Medianeira/PR e receberia R$ 80,00 pelo transporte. A mercadoria foi retida e o condutor liberado.

Ainda na quarta-feira, por volta das 17h, um caminhão guincho, ocupado por um homem de 53 anos, carregava três automóveis das marcas Fiat, Renault e Chevrolet quando foi abordado. Ao inspecionarem os carros, um cão de faro apontou a existência de ilícitos em algum compartimento oculto. Os veículos foram então encaminhados ao Porto Seco de Foz do Iguaçu/PR onde passaram pelo Scanner que confirmou a presença de itens em fundo falso no painel e sob o porta-malas do Fiat. Ao acessar esses fundos falsos, foi constatado que a mercadoria era 68,3 quilos de substância análoga a haxixe. A droga totalizou cerca de cinco milhões e meio de reais.

Ainda no Porto Seco, um homem de 29 anos se apresentou alegando ter sido o responsável pelo frete dos veículos guinchados. Porém, não prestou nenhuma declaração sobre os ilícitos. Diante dos fatos, o condutor e o responsável foram encaminhados juntamente com a droga e os veículos até a Delegacia da Polícia Civil em São Miguel do Iguaçu/PR para os procedimentos legais cabíveis.

Já nesta quinta-feira (03), às 10h, um ônibus de linha, que seguia sentido Francisco Beltrão/PR foi abordado pela fiscalização. Durante inspeção, foi encontrado no banheiro do veículo 730 gramas de maconha e 40 gramas de crack. Após averiguação, um rapaz assumiu a posse dos ilícitos. O mesmo estava sem nenhum documento de identificação, porém afirmou possuir 17 anos. Em depoimento, o jovem alegou que a droga era para consumo próprio. Os entorpecentes e o menor foram encaminhados até a Delegacia da Polícia Civil em São Miguel do Iguaçu/PR para os procedimentos legais cabíveis.