Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) participaram da apreensão de medicamentos dentro de brinquedos e de celulares em fundo falso de veículo na tarde desta quarta-feira (18), por volta das 13h. A apreensão ocorreu durante fiscalizações de rotina no âmbito da Operação Muralha ao lado da praça de pedágio em São Miguel do Iguaçu/PR, em ação conjunta com policiais do BPFron.

O automóvel era ocupado por 4 pessoas, todas da mesma família, residentes em São Miguel. Tudo levava a crer que se tratava de uma viagem de férias, mas ao inspecionarem o assoalho do porta-malas que estava repleto de bagagem, constataram a presença de fundo falso em cujo interior foram encontrados 80 smartphones de alto valor agregado, avaliados em cerca de R$ 170 mil. Arguido a respeito do achado, o motorista de mais de 40 anos, portador de necessidades especiais, caminhando com ajuda de muletas, informou que o intuito da viagem era exclusivamente para transportar a mercadoria descaminhada e que receberia R$ 5 mil pelo serviço.

A segunda apreensão ocorreu com a deslacração de um ônibus de turismo, com placas de Curitiba/PR. Na bagagem identificada como pertencente a uma mulher de 56 anos, natural de Curitiba, foram encontrados milhares de frascos de medicamentos, anabolizantes e suplementos vitamínicos que somaram mais de R$ 40 mil. A contraventora não compareceu à deslacração da mercadoria.

Os dados referentes à mulher foram encaminhados à Polícia Federal, para as providências cabíveis, posto que o contrabando de medicamentos, principalmente anabolizantes, configura crime sujeito à pena de prisão. O homem proprietário do captiva teve os celulares e o veículo apreendidos sendo após, liberado, assim como seus familiares.