Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) participaram da apreensão de mercadorias e grande quantidade de baterias celulares, no último final de semana. A apreensão ocorreu durante ação conjunta realizada por servidores da Receita Federal e policiais do BPFron, no âmbito da Operação Muralha, na barreira de fiscalização anexa ao pedágio de São Miguel do Iguaçu.

A primeira abordagem ocorreu no sábado (16), por volta das 09h, a um veículo Volkswagen Saveiro, ocupado apenas por um casal. Logo no início da fiscalização na caçamba do carro, ficou evidente que havia grande quantidade de mercadorias. Elas estavam distribuídas em sacolas e eram, em sua maioria, garrafas de bebidas alcoólicas de alto valor, artigos para casa, papéis de parede e cosméticos. A passageira informou que as mercadorias eram para uso próprio e que eles seguiam para Campinas/SP.

A mercadoria, estimada em aproximadamente R$ 11,5 mil, foi retida. Já o casal liberado, porém será enviada ao Ministério Público representação fiscal para fins penais para apuração dos ilícitos.

No domingo (17), por volta das 19h, foi inspecionado um ônibus que fazia linha Foz do Iguaçu/PR – Cascavel/PR. Ao analisar os itens dos passageiros, suspeitou-se do excesso de bagagens de uma passageira. Ela era uma boliviana de 52 anos, que levava seis malas e uma bolsa. Em seguida, durante inspeção detalhada nas suas malas, foram encontradas 2,82 mil unidades de baterias para celulares e alguns outros acessórios, que totalizaram R$ 31,55 mil.

Segundo a passageira, a mercadoria seria para revenda. Os itens foram apreendidos e a passageira liberada, porém será enviada ao Ministério Público representação fiscal para fins penais para apuração dos ilícitos.