Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) participaram da apreensão de drogas e de medicamentos, até de um aparelho de uso restrito destinado à fabricação de munição para armas de fogo nos dias 11 e 12, início de feriado prolongado. A apreensão ocorreu durante fiscalizações de rotina no âmbito da Operação Muralha ao lado da praça de pedágio em São Miguel do Iguaçu/PR, em ação conjunta com policiais do BPFron.

 

Na quarta-feira (11), por volta das 20h, um motoqueiro foi preso quando trafegava de forma suspeita por uma estrada vicinal próxima à praça de pedágio. Servidores realizavam uma ronda de rotina na região e se depararam com uma moto, que, ao avistar a viatura, apresentou comportamento estranho tentando empreender fuga, porém sem sucesso, pois foi contida prontamente pela equipe. A moto foi levada para a barreira e, durante fiscalização minuciosa, foram encontrados 9 quilos de maconha ocultos em um compartimento abaixo do banco do condutor.

Na quinta-feira (12), por volta das 17h, em uma fiscalização de um ônibus da linha Foz do Iguaçu/PR – Belo Horizonte/MG, duas estudantes, residentes de Viçosa/MG, foram detidas por transportar 200 gramas de substância análoga à maconha em uma mala. A localização da substância somente foi possível pela utilização de um cão de faro especializado. As passageiras confessaram que levariam para consumo próprio e para alguns amigos de faculdade.

Ainda na quinta-feira, (12), por volta das 20h, durante abordagem a um ônibus de linha Foz do Iguaçu/PR – Toledo/PR, foi detido um homem transportando um aparelho de fabricação de cartuchos de munição calibre 12, considerado de uso restrito. Durante entrevista, o passageiro, um homem de 38 anos, morador de Toledo, informou que havia adquirido o equipamento para uso próprio e que não sabia se tratar de algo proibido.

Já hoje, sexta-feira (13), por volta do meio-dia, em abordagem a um ônibus de linha Foz do Iguaçu/PR – Curitiba/PR, foi detido um jovem de 23 anos, morador de Curitiba, portando medicamentos para disfunção erétil e anabolizantes que estavam ocultos em sua bagagem. O rapaz confessou que comprou os medicamentos, parte para revender e parte para uso próprio. Ao todo havia, dentre os frascos, ampolas e comprimidos, 240 unidades de medicamentos.

As pessoas citadas nas ocorrências foram encaminhadas para a Delegacia de Polícia Civil de São Miguel do Iguaçu/PR para os procedimentos cabíveis.