Analistas-Tributários Receita Federal do Brasil atuaram na apreensão de 1.910 kg de cocaína em uma ação finalizada nessa última sexta-feira (17), no Porto de Santos/SP. A foi promovida por equipes da Alfândega da Receita Federal no Porto de Santos e condutores de cães de faro da própria Unidade e da Divisão de Repressão ao Contrabando e Descaminho da Receita Federal na 8ª Região Fiscal (Direp/08). A droga, cujo destino final seria a Holanda, estava escondida em cargas de exportação.

Ainda no Porto de Santos, na segunda-feira (20), os Analistas-Tributários atuaram na localização de 540 kg de cocaína que estavam escondidos em uma carga de açúcar refinado, acondicionado em sacos de ráfia, cujo destino seria o Porto de Antuérpia, na Bélgica. A droga interceptada foi entregue à Polícia Federal, que acompanhou a operação e prosseguirá com as investigações.

Uma operação conjunta dos Analistas-Tributários da Alfândega da Receita Federal no Porto de Itapoá, no norte catarinense, e a Delegacia da Receita Federal de Joinville, com apoio da Polícia Federal, apreendeu nesta segunda-feira (20), 600,5 quilos de pasta-base de cocaína em meio a uma carga de madeira. A droga estava distribuída em 19 bolsas em um contêiner que iria para o Porto de Antuérpia, na Bélgica. Esta é a primeira apreensão de cocaína neste ano no Porto de Itapoá. Na semana passada, 935 kg da mesma droga foram descobertos no Porto de Itajaí.

Nesta terça-feira (21), os Analistas -Tributários atuaram na apreensão de 263,6 kg maconha durante operação conjunta com a Força Nacional e o Batalhão da Polícia da Fronteira (BPFron) na Ponte Internacional da Amizade/PR. A ação ocorreu quando os servidores abordaram o veículo com placa paraguaia para verificação de rotina. A droga estava escondida em fundo falso no teto de uma van identificada como “escolar”. Uma pessoa foi presa.