Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) participaram da apreensão de uma pistola calibre 38, munições e medicamentos, na noite desta terça-feira (06). A apreensão ocorreu durante ação conjunta realizada por servidores da Receita Federal em conjunto com policiais do BPFron, da Força Nacional e da Polícia Federal, na BR-277, no posto fiscal do Bom Jesus, próximo a Medianeira/PR.

Por volta das 22h, durante fiscalização de rotina na BR-277, um ônibus que fazia a linha Foz do Iguaçu/PR – Florianópolis/SC foi abordado e conduzido ao posto fiscal Bom Jesus em Medianeira/PR. Logo ao iniciar inspeção na parte interna do veículo, notou-se que um dos passageiros, um homem de 29 anos, apresentava sinais de nervosismo excessivo. Em seguida, durante revista pessoal, foi encontrada uma pistola calibre 38 municiada em sua cintura. Ao ser questionado sobre a arma, o passageiro alegou que teria vindo a Foz do Iguaçu com a intenção de comprá-la para uso próprio e que estava seguindo em direção a Meia Praia/SC. Após verificações, foi constatado que o passageiro já possuía registro policial pelo crime de furto.

O passageiro e a arma foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Civil em Foz do Iguaçu para os procedimentos cabíveis.

Ainda na terça-feira, às 22h30, também no posto fiscal Bom Jesus em Medianeira/PR, um outro ônibus de linha foi abordado, desta vez Assunção/PY – Florianópolis/SC. Alguns passageiros foram selecionados para inspeção pessoal e um senhor de aproximadamente 55 anos chamou a atenção por estar muito nervoso. Durante revista, foram encontradas, ocultas em suas pernas, por debaixo da calça, 100 munições de pistola calibre 38 e diversas cartelas de medicamentos para disfunção erétil, reumatismo e abortivos. O homem revelou ser ex-policial militar e alegou que a munição e os remédios para reumatismo seriam para seu uso e as demais mercadorias para revenda em Florianópolis/SC.

O indivíduo, os medicamentos e as munições foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal em Foz do Iguaçu para os procedimentos cabíveis. (Com informações da Assessoria de Comunicação de Foz do Iguaçu/PR)