Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) participaram da apreensão de um táxi carregado com eletrônicos e vestuário na noite desta quarta-feira (15), por volta das 20h. A apreensão ocorreu durante ações realizadas no âmbito da Operação Muralha por servidores da Receita Federal.

Em uma ronda de rotina na rodoviária de São Miguel do Iguaçu, a equipe da RF percebeu uma movimentação suspeita de algumas pessoas passando sacolas de alguns veículos diversos para um Corolla preto que estava estacionado no local. O veículo possuía placas vermelhas de São Miguel do Iguaçu, o que indicava ser um táxi. O condutor partiu antes da chegada da fiscalização, procedeu-se então acompanhamento tático até a abordagem definitiva do veículo. Em seguida, durante inspeção minuciosa no carro, foram encontrados sete fardos com mercadorias, localizados no banco traseiro e porta-malas, repletos de roteadores, equipamentos de som e vestuário.

O veículo era ocupado apenas por uma pessoa, um homem de 50 anos de idade, que confessou ser realmente taxista e que transportaria os fardos até um hotel próximo à rodoviária onde receberia R$ 50,00 por item transportado. As mercadorias totalizaram aproximadamente R$ 25 mil.

A Operação Muralha, que envolve servidores da Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil do Paraná, Polícia Militar do Paraná – BPFRON, Marinha e Exército brasileiros, teve início no dia 3 de maio, sem prazo de encerramento.

Essa iniciativa está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalizações atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros. Participam da Operação a Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar do Paraná – BPFRON, Força Nacional de Segurança – FNSP e Foztrans – Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu.