Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) participaram da apreensão de grande quantidade de eletrônicos e carne bovina, no último fim de semana. A apreensão ocorreu durante ação conjunta realizada por servidores da Receita Federal, policiais do BPFron e da Força Nacional, Aduana da Ponte Internacional da Amizade, no âmbito da Operação Fronteira Integrada.

Na noite de sexta-feira (02), por volta das 20h, uma Van, com placas paraguaias, foi abordada quando atravessava a Aduana sentido Brasil. No seu interior estava somente o condutor, um homem paraguaio que, ao perceber que seria fiscalizado, apresentou sinais de nervosismo excessivo. Iniciou-se, então, uma vistoria no porta-malas do veículo e nos bancos traseiros, onde nenhuma irregularidade foi encontrada. Porém, após fiscalização minuciosa, foi encontrado um fundo falso no painel da van, onde havia diversos acessórios de informática. Ao ser questionado, o condutor informou que não tinha conhecimento nem da existência nem do conteúdo do fundo falso, pois somente iria entregar o veículo para um parente em Foz do Iguaçu/PR. O veículo foi liberado e as mercadorias apreendidas totalizaram R$ 3 mil.

Já na manhã de sábado (03), por volta das 11h, iniciou-se uma abordagem a uma Van com placas paraguaias. O veículo era ocupado pelo condutor e quatro passageiros, sendo três brasileiros e um paraguaio. Ao revistarem suas mercadorias, os servidores encontraram grande quantidade de eletrônicos em caixas de isopor, dentre eles 55 HD’s para computador, displays para celulares, além de alguns receptores de TV. O passageiro paraguaio assumiu que as mercadorias eram suas e que tinha o intuito de revender na cidade de Foz do Iguaçu/PR. Após contagem e valoração, as mercadorias apreendidas totalizaram R$ 22 mil.

Ainda no sábado (03), às 13h, mais um veículo com placas paraguaias foi abordado quando atravessava a Aduana, em seu interior estava apenas o condutor, um brasileiro de 64 anos. Em seguida, foi realizada uma vistoria minuciosa no interior do automóvel, especificamente no porta-malas, onde foi encontrada uma caixa de isopor contendo grande quantidade de carne bovina, embalada a vácuo, sem refrigeração e certificação sanitária brasileira. Ao ser indagado sobre a carne, o condutor alegou que a mercadoria era de sua propriedade e que a levaria até a cidade de Foz do Iguaçu/PR para consumo. Posteriormente a carne foi levada para pesagem, onde totalizou aproximadamente 100 quilos. O veículo foi liberado e a carne encaminhada para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA para os procedimentos cabíveis. (Com informações da Assessoria de Comunicação de Foz do Iguaçu/PR)