Durante fiscalização de rotina no Aeroporto Internacional de Roraima, Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) retiveram na última sexta-feira, dia 8, um simulacro de arma de fogo semelhante a uma carabina e R$ 25 mil em produtos de alto valor. Os itens foram encontrados em uma aeronave executiva que vinha dos Estados Unidos para o Brasil.

Na ocasião, os servidores abordaram quatro pessoas, entre os pilotos e passageiros da aeronave e verificaram inconsistências nas informações apresentadas. Em virtude disso foi realizada uma verificação apurada da aeronave, durante a qual foram identificados grande quantidade de produtos de alto valor, entre eles iPhones, perfumes, bebidas, equipamentos para aeronaves, itens esportivos, além de um simulacro de arma de fogo sem autorização de importação controlada do Exército Brasileiro.

As quatro pessoas ouvidas durante a fiscalização não foram presas e os produtos foram retidos. Será instaurado processo administrativo para determinar quais itens serão doados, leiloados ou destruídos, uma vez que alguns materiais são de importação permitida e outros de importação controlada, exigindo análise de cada caso individualmente.