Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil participaram na última sexta-feira, dia 02, durante fiscalização de rotina no âmbito da Operação Fronteira Integrada, da apreensão de uma arma de fogo 9mm, dois carregadores de arma de fogo vazios e 50g de maconha. Os itens estavam em posse de uma viajante paraguaia de 56 anos.

A ação ocorreu por volta das 10h, na Ponte Internacional da Amizade, quando os fiscais abordaram a viajante que entrava no Brasil. Ao ser flagrada, ela confessou que a arma, os acessórios e a droga não eram dela e que receberia R$ 100 para levar os objetos até Foz do Iguaçu/PR.

A mulher e os objetos foram encaminhados para a Delegacia da Polícia Federal em Foz do Iguaçu para as providências legais cabíveis.

A Receita Federal disponibiliza um telefone de contato para denúncias, de forma anônima, por meio do número (45) 9 9152-2036.

Essa iniciativa está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto 8.903/2016, e tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e a de fiscalizações atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros. (Com informações da Assessoria de Comunicação da Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu/PR)