Durante o primeiro bimestre do ano, a atuação de Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) nas atividades do Grupo de Vigilância e Repressão no Mato Grosso do Sul resultou na apreensão de aproximadamente 300 quilos de drogas e na retenção de R$ 1,5 milhão em mercadorias diversas. No período, também foram retidos 11 veículos transportadores avaliados em R$ 400 mil.

A maior parte dos produtos retidos foram eletrônicos, artigos de vestuário, maquiagem, perfumaria, cosméticos, brinquedos, cigarros, fumo e artigos de tabacaria introduzidos irregularmente no território nacional. Houve ainda uma prisão por tráfico de drogas no primeiro bimestre de 2019.