Conselheiros, delegados sindicais, observadores e diretores do Sindireceita debateram a eleição para os conselhos e comitês da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo (Funpresp-Exe), durante as atividades do dia 3, na LXXIII reunião Ordinária do Conselho Nacional de Representantes Estaduais (CNRE), ocorrida em Brasília. A Analista-Tributária, Luana Helena Bendin é candidata pela chapa Avançar com Competência, a chapa 8. O encontro contou com a presença de Márcio Costa, que compõe a equipe. O Analista legislativo Márcio Costa é presidente do Conselho Fiscal da Funpresp e candidato pela mesma chapa.

A Funpresp-Exe foi criada pelo Decreto nº 7.808/2012 e tem como objetivo administrar e executar planos de benefícios de caráter previdenciário complementar aos servidores públicos titulares de cargo efetivo da União, suas autarquias e fundações. A Funpresp-Exe elegerá 10 representantes, entre titulares e suplentes, para os conselhos Deliberativo e Fiscal da fundação, além de membros para os comitês de Assessoramento Técnico ExecPrev e LegisPrev.

A votação será realizada virtualmente, pelo site e aplicativo da Funpresp, dos dias 4 a 11 de fevereiro de 2019. Os representantes eleitos exercerão mandato de quatro anos, de 2019 a 2013. Confira aqui a página criada pela fundação contendo todas as informações sobre o processo eleitoral.

Geraldo Seixas elogiou a escolha de uma Analista-Tributária para a composição da chapa e declarou apoio à candidatura

Márcio Costa detalhou o tripé que ancora a campanha da chapa 8: competência, transparência e fiscalização. Segundo ele estes são elementos essenciais para bem gerir qualquer bem ou recurso. “Neste sentido nos orgulhamos de ter uma representante dos Analistas-Tributários da Receita Federal, sendo que fiscalização é um dos pilares do trabalho da categoria. O Sindireceita tem espaço e competência para participar do conselho deliberativo desta instituição. Conseguimos reunir 10 servidores públicos qualificados e preparados para essa missão fazer com que o Fundo seja realmente o que o servidor que migrou ou entrou após 2013 possa ter sua aposentadoria com segurança. Temos na nossa chapa também doutores em demografia, peritos em gestão de recursos, temos membros do INSS, da CGU, do legislativo, executivo e judiciário”, esclareceu.

Costa detalhou que a chapa Avançar com Competência, propõe também retirar a ingerência do governo na governança do fundo e irá buscar a paridade nos órgãos colegiados do Fundo. Ele explicou ainda que a chapa da qual participa trabalha bastante para alcançar os 180 órgãos e 72 mil pessoas espalhadas no Brasil nos poderes Executivo, Legislativo, Judiciário, nas autarquias, agências reguladoras, e demais órgão do serviço público”, afirmou.

O analista legislativo também convidou os participantes da reunião do CNRE para o lançamento da campanha da chapa 8, que será realizado no dia 10/12, às 19 horas, no restaurante Carpe Diem, em Brasilia.

O presidente do Sindireceita, Geraldo Seixas, elogiou a escolha de uma Analista-Tributária para a composição da chapa e declarou apoio à candidatura. A Analista-Tributária Luana Bendin, agradeceu a atenção da plenária do CNRE e sugeriu que quem tiver dúvida sobre a adesão ao Funpresp faça simulações no site para tomar a decisão. “Também sei que muitos Analistas-Tributários não são filiados ao Funpresp, mas mesmo assim podem ajudar com a divulgação da nossa chapa. Será para mim um aprendizado e um grande desafio”, afirmou.