Os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) apreenderam cerca de três toneladas de cocaína nos Portos de Santos/SP e de Paranaguá/PR entre a última sexta-feira, 5 de abril, e hoje, 12 de abril. Também foram interceptadas cerca de R$ 400 mil reais em mercadorias nas fronteiras e aeroportos brasileiros. O valor das mercadorias retidas soma aproximadamente R$ 10 milhões de reais.

Na quinta-feira (04), os Analistas-Tributários aprenderam cerca de 1,2 tonelada de cocaína durante ação de fiscalização no Porto de Paranaguá, no litoral do Paraná. A droga estava escondida em um contêiner com carga de compensados de madeira. O carregamento teria como destino final a Bélgica.

Já na segunda-feira, dia 8, em ação de fiscalização no Porto de Santos, no litoral de São Paulo, os Analistas-Tributários atuaram na apreensão de 1,1 tonelada de cocaína. Os tabletes da droga estavam escondidos no interior de 30 mochilas, distribuídas em dois contêineres carregados com madeira e piso cerâmico. O carregamento também teria como destino final o Porto de Antuérpia, na Bélgica. Ainda no Porto de Santos, na terça-feira, (9), os Analistas-Tributários apreenderam, em conjunto com a Guarda Portuária (Gport) e Polícia Federal (PF), 349 quilos de cocaína. A droga estava em posse de um caminhoneiro, que tentava embarcar parte dos entorpecentes em um navio atracado no local. O homem foi detido pelas autoridades.

Também no Porto de Santos, nesta quarta-feira (10), os Analistas-Tributários apreenderam 353 kg de cocaína, que foram encontrados em tambores com suco de limão. O carregamento tinha como destino o Porto de Roterdã, na Holanda, e foi interceptado pela equipe da Receita Federal em um terminal da margem esquerda do cais, em Guarujá (SP). Imagens de escâneres indicaram a presença de centenas de tabletes, no estado mais puro da droga, escondidos em três tambores com suco de limão.    

Ainda na quarta – feira (10), os Analistas-Tributários apreenderam 31 kg de maconha no Aeroporto do Galeão/RJ. A droga foi localizada com uma passageira que havia embarcado no Aeroporto Internacional de Guarulhos, São Paulo, e seguia para São Luís, no Maranhão.

Mercadorias apreendidas

Os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (RFB) participaram também da retenção de 22 mil maços de cigarros e um rádio amador em São Miguel do Iguaçu/PR nesta segunda-feira, dia 8. As mercadorias somam cerca de R$ 100 mil reais e estavam em um veículo retido em operação conjunta da Receita Federal do Brasil (RFB) e do Batalhão de Polícia Militar da Fronteira (BPFron).

Ainda no Paraná, na cidade de Céu Azul, os Analistas-Tributários da Alfândega da Receita Federal em Foz do Iguaçu e o Batalhão de Fronteira da Polícia Militar do Paraná realizaram uma operação conjunta que resultou na retenção de três veículos carregados com eletrônicos e celulares no último domingo, dia 7, na BR-277, próximos a cidade de Céu Azul /PR. Os valores das mercadorias somam aproximadamente R$ 120 mil.

No Aeroporto de Guarulhos/SP, nesta quinta – feira (11), foi retido cerca de US$ 19.970, além de diamantes e joias. As mercadorias foram avaliadas no valor de R$ 100 mil.

Por fim, na sexta- feita passada (05), no Aeroporto de Recife, Analistas-Tributários retiveram produtos eletrônicos sem a devida comprovação de regular importação. A ação resultou na retenção de 16 smartphones, 2 smartwatches e vários displays (telas) de aparelhos celulares diversos. No mercado, o valor destes bens pode ultrapassar R$ 35 mil.