CGU lança Campanha de combate à pequenas corrupções e destaca a luta contra a pirataria no País

A Controladoria Geral da União (CGU) acaba de lançar a campanha “Pequenas Corrupções – Diga não” para combater ações que são culturalmente aceitas, mas na verdade são antiéticas e ilegais. A proposta da Campanha é conscientizar o cidadão sobre a vigilância da vida pública no combate à corrupção e mostrar os prejuízos causados pela rotina de pequenas corrupções.

Um dos pontos de maior destaque da Campanha “Pequenas Corrupções – Diga não” é o combate à pirataria. A economia brasileira sofre uma perda anual de R$ 40 bilhões com falsificações e contrabandos por causa da sonegação de impostos dos produtos. A campanha da CGU e o necessidade de conscientizar a população para os riscos e prejuízos que a pirataria causam ao País foram o tema de uma reportagem exibida no telejornal Bom Dia Brasil, exibido na última terça-feira, dia 18. Veja aqui a reportagem do Bom dia Brasil.

Reforço

A Campanha do CGU tem enfoque na necessidade de conscientização da sociedade para os riscos e prejuízos que a pirataria gera a todo o País. Um trabalho semelhante ao realizado pelo Sindireceita que, há nove anos, lançou no Ministério da Justiça a campanha nacional “Pirata: tô fora! Só uso Original”. Desde 2005, diversas ações foram promovidas em todo o Brasil para alertar a população sobre os riscos que o consumidor pode sofrer ao comprar um produto pirata, bem como os empregos e impostos perdidos. A “Pirata: tô fora! Só uso Original” ganhou repercussão nacional e foi incluída em um relatório de atividades do Ministério da Justiça entre as principais ações educativas em andamento no Brasil.

Cliqueaqui para conhecer a Campanha lançada pelo Sindireceita