A Diretoria Executiva Nacional (DEN) do Sindireceita avaliou a Plenária da Tecnologia, Logística, Gestão de Pessoas e Corregedoria como excelente e produtiva, em todos os aspectos. Segundo os diretores, a discussão abriu possibilidades para futuros questionamentos, bandeiras e defesas do sindicato. A participação dos Analistas-Tributários também foi destaque, pela vontade de criar produtos e ideias que ajudem na melhoria das condições de trabalho para a categoria.

A presidenta, Sílvia de Alencar, avaliou que a plenária atingiu seu objetivo, ao provocar os participantes para pensarem, conjuntamente, em soluções para os problemas comuns a todos e atentar para a valorização das atividades-meio.

silvia-fala

A presidenta Sílvia de Alencar garantiu que a discussão técnica alcançou o objetivo proposto de apontar soluções para valorização das atividades-meio na RFB

“A Plenária como um todo atingiu seu objetivo, que era provocar essa discussão entre os analistas, envolver os analistas num debate que geralmente fica meio de lado, principalmente no caso da logística. A Logística, que é uma atividade meio, é fundamental por envolver a questão de recursos humanos. Não há como um órgão funcionar bem se ele não reconhecer, valorizar e utilizar de forma correta a sua mão de obra. A questão da Tecnologia da Informação, que é o futuro da Receita, e é onde o analista tem bastante espaço. E a Corregedoria, que ainda é uma área muito pouco conhecida e debatida pelos analistas. A plenária debateu profundamente esses temas e o que a gente quer com isso é sempre melhorar o papel do analista e sempre colocar o analista nos debates importantes dentro da Receita Federal, buscando o melhor reconhecimento da atuação, a melhor inserção dentro da Receita Federal e a melhor eficiência do nosso órgão. Isso traz o reconhecimento e o melhor atendimento à sociedade.”

Breno Rocha, diretor de Comunicação, avaliou que a Plenária teve a função de ressaltar a importância das atividades-meio e da Corregedoria.

breno-fala

O diretor Breno Rocha destacou a importância da ativa participação dos Analistas-Tributários na Plenária com diagnóstico de problemas e apresentando boas soluções

“A Plenária da Tecnologia, Logística, Gestão de Pessoas e Corregedoria atendeu às expectativas da categoria. Os analistas estão participando ativamente com boas ideias, diagnosticando problemas e apresentando boas soluções. A avaliação é que foi muito boa e que os analistas sempre participem mais desses eventos que o sindicato promove. Está provado que apenas com a participação efetiva é que nós conseguiremos soluções para os problemas que afligem a categoria dos Analistas-Tributários da Receita Federal. A mesa da Corregedoria, por exemplo, teve um foco muito amplo mostrando a importância desse órgão para a Receita Federal e a participação do analista dentro desse sistema de correição”

Odair Ambrosio, diretor de Formação Sindical e Relações Intersindicais, afirmou que, assim como as outras plenárias, essa seguiu um padrão que garantiu o sucesso do evento. Segundo o diretor, o relatório final dessa e das outras plenárias servirão para nortear futuras ações do sindicato.

odair-fala

Para o diretor Odair Ambrósio, a avaliação foi muito positiva, pois enxergamos que realmente está saindo um material muito bom e muito necessário para o sindicato

“Foi muito produtiva e estamos reunindo um material muito importante que está servindo de base para vários materiais do sindicato. O pessoal vem sempre muito disposto a trabalhar e isso é muito produtivo. Eles vêm interessados e quando chegam aqui se surpreendem com a organização e disposição de construir algo novo, sem predefinições, sem determinações. Assim, fica claro que é um trabalho aberto, de construção mútua. A avaliação é muito positiva, pois enxergamos que realmente está saindo um material muito bom e muito necessário para o sindicato. Primeiro, construiremos um relatório final de todas as plenárias, essa inclusive, para prestação de contas e mostrar a qualidade do trabalho construído. Segundo que muitas demandas saem da plenária, das mais diversas possíveis. Alguns vão fortalecer lutas mais adiante, a médio e longo prazo e outras serão mais imediatas, mas tudo é orientado para a melhoria das condições de trabalho dos Analistas-Tributários.”

Ronaldo Godinho, diretor adjunto de Finanças e Administração, afirmou que uma das grandes vantagens da plenária é a construção conjunta das lutas da categoria, com reivindicações similares para as diferentes Regiões Fiscais.

godinho-fala

Segundo o diretor Godinho, a discussão é ampla, mas estamos conseguindo desenvolver tanto a análise do problema quanto a busca das soluções

“A Plenária está sendo desenvolvida rumo ao alcance dos objetivos. A discussão é ampla, mas estamos conseguindo desenvolver tanto a análise do problema quanto a busca das soluções. A junção de todas essas pessoas, cada uma trazendo um pedaço da realidade da Receita Federal pra cá, conseguiu juntar as ideias e estamos tentando construir um passo a mais para que a Receita tente se desenvolver e resolver seus próprios problemas de funcionamento. Trabalhamos bem e trouxemos a visão de cada um de nós da nossa realidade, dos nossos problemas, que na verdade são muito semelhantes. A gente percebe que a Receita realmente tem um problema estrutural. Não dá para os seus servidores a segurança, as garantias, a capacitação, as ferramentas para que ele possa desenvolver corretamente as atividades. Nessa plenária nós conseguimos trazer isso, colocar no papel, e trazer sugestões de solução. A Receita precisaria de uma reestruturação de órgão que passasse a atuar como um todo. Nós temos ferramentas e capacidade para isso.”