O primeiro da direita para esquerda - Analista-Tributário Augusto Toyoda

O primeiro da direita para esquerda – Analista-Tributário Augusto Toyoda

A convite do Centro das Indústrias do Estado do Amazonas – Cieam, com o objetivo de apresentar o Fórum e o Grupo de Estudo Aduaneiro, a Alfândega da Receita Federal no Porto de Manaus – ALF/MNS participou, em 31 de julho, da 106ª Reunião Ordinária promovida pelo Centro. O Fórum Aduaneiro, que está em sua 4ª edição, busca aperfeiçoar e estreitar o relacionamento da Receita Federal com os intervenientes do comércio exterior, com o objetivo de melhorar o desempenho das ações da Unidade no desembaraço de mercadorias importadas e exportadas. Já o Grupo tem a função de elaborar, a partir de estudos e de pesquisas, propostas para a solução de demandas originadas no Fórum Aduaneiro.

Na oportunidade,  o Analista-Tributário Augusto Toyoda, ouvidor da ALF/MNS e coordenador do Grupo de Estudo, repassou aos participantes, os conceitos, as missões, os valores e os objetivos estratégicos que levaram à criação do Fórum e do Grupo. Dentre eles, destacou a prestação de um serviço de excelência em relação à administração tributária, norteado pelo plano estratégico do órgão para o quadriênio 2012-1015.
 
Os procedimentos de elaboração de uma demanda a ser enviada pelo interessado ao Fórum Aduaneiro também foram apresentados por Toyoda, que considerou boa a receptividade dos presentes às inovações ao despacho aduaneiro, pois, segundo ele, a maioria concorda com as mudanças que irão dinamizar o despacho aduaneiro. Marcaram presença na reunião o presidente da Cieam, Maurício Loureiro, e sua mesa diretora; o superintendente da Suframa, Thomas Nogueira; além de vários diretores de indústrias da ZFM, os quais foram todos convidados a participar dos próximos encontros do Fórum e do Grupo de Estudo Aduaneiro.