Em operação conjunta com a Polícia Federal nesta sexta-feira (11), os Analista-Tributários da Receita Federal atuaram na apreensão de 1,3 tonelada de cocaína no Porto de Paranaguá, no litoral do Paraná. A droga foi encontrada por um cão farejador da equipe K9 da Receita Federal.
A cocaína estava em um contêiner com açúcar que seria levado para o Porto de Antuérpia, na Bélgica. Um fato que chamou a atenção da PF e da Receita é que parte da droga estava solta, em pó, e não em tabletes, como é o normal.

Esta é a quarta grande apreensão de cocaína no Porto de Paranaguá em pouco mais de um mês. No dia 3 de setembro foram encontrados 165 kg em um contêiner de frango congelado que iria para Rotterdam, na Holanda. Em 5 de setembro, mais 756 kg foram apreendidos em uma carga de amendoim que também iria para o Porto de Algeciras, na Espanha. No dia 11 de setembro, mais 608 kg de cocaína estavam em uma carga de feijão com destino ao mesmo porto espanhol.