A senadora Gleisi Hoffmann (PT/PR) é a nova ministra-chefe da Casa Civil da Presidência da República, após afastamento do ministro Antonio Palocci, que entregou o seu pedido de demissão na tarde desta terça-feira, 7 de junho, à presidenta Dilma Rousseff.

Gleisi Hoffmann aceitou o convite com a tarefa de priorizar a gestão de projetos do governo federal. Casada com o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, a senadora foi a primeira mulher eleita ao Senado Federal pelo estado do Paraná em 2010.

A senadora foi entrevistada pelo Sindireceita, na edição nº 20 da Revista Tributus de 2011, e afirmou que pretende ajudar o Governo Dilma trabalhando pelo crescimento econômico sustentável com inclusão social.

Em entrevista à Tributus, a ministra da Casa Civil também falou sobre o problema das fronteiras e destacou que o Governo Dilma pretende investir em um policiamento forte e sofisticado nas regiões fronteiriças do país.