Agência Câmara de Notícias – 19/03/2020

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pediu desculpas à China, em suas redes sociais, em razão das acusações contra aquele país feitas pelo deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). “Em nome da Câmara dos Deputados, peço desculpas à China e ao embaixador pelas palavras irrefletidas do deputado Eduardo Bolsonaro. A atitude não condiz com a importância da parceria estratégica Brasil-China e com os ritos da diplomacia. Em nome de meus colegas, reitero os laços de fraternidade entre nossos dois países. Torço para que, em breve, possamos sair da atual crise ainda mais fortes”, disse o presidente.

Eduardo Bolsonaro comparou a pandemia do coronavírus com o acidente nuclear de Chernobil, na antiga União Soviética, e disse que, nos dois casos, duas ditaduras omitiram informações que poderiam salvar vidas. A Embaixada da China protestou veementemente contra a acusação.