Analistas-Tributários participaram nesta segunda-feira, dia 05, da deslacração de uma ambulância oficial com mais de R$ 290 mil em medicamentos contrabandeados do Paraguai.  O veículo foi retido em uma operação conjunta entre a Receita Federal de Foz do Iguaçu e de Cascavel e a Polícia Militar de Cascavel.

A operação foi realizada no dia 28 de outubro de 2018 e resultou na retenção de uma ambulância oficial da Prefeitura de Rio Negro/PR com substâncias similares a abortivos, anabolizantes e estimulantes, todos contrabandeados do Paraguai e com venda proibida no Brasil. Em flagrante, o motorista, que é servidor público da Prefeitura de Rio Negro/PR, e o passageiro foram encaminhados à Delegacia da Polícia Federal em Cascavel.

A Receita Federal disponibiliza um telefone de contato para denúncias, de forma anônima, por meio do número (45) 9 9152-2036.

Essa iniciativa está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalizações atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros. (Com informações da Assessoria de Comunicação da Alfândega da Receita Federal do Brasil em Foz do Iguaçu/PR)