Analistas-Tributários participaram na tarde de terça-feira (23), no âmbito da Operação Fronteira Integrada, ação conjunta entre servidores da Receita Federal, policiais do BPFron e da Força Nacional resultou na apreensão de mercadorias em fundo falso.

A ação ocorreu por volta das 17h, quando um moto táxi atravessava a aduana no sentido Brasil. Ao perceber que seria fiscalizado, o motociclista empreendeu fuga acelerando em alta velocidade, porém, após acompanhamento tático acabou sendo contido pelos servidores. Durante inspeção detalhada na moto, foram localizadas diversas mercadorias ocultas em fundo falso no tanque de combustível, que foi preparado especificamente para o transporte dos produtos, já que a gasolina estava armazenada em um compartimento auxiliar improvisado.

Ao ser questionado, o condutor informou que estava apenas realizando o transporte para um estacionamento localizado em Foz do Iguaçu/PR e receberia a quantia de R$ 40,00 por viagem.  As mercadorias apreendidas, em geral eletrônicos, contabilizaram aproximadamente R$ 16.500,00.

A motocicleta foi apreendida e o condutor liberado, porém será enviada ao Ministério Público representação fiscal para fins penais para apuração dos ilícitos.

A Operação Fronteira Integrada está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalização atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros. Participam da Operação a Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar do Paraná – BPFRON, Força Nacional de Segurança Pública– FNSP e Foztrans – Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu. (Com informações da Assessoria de Comunicação da Alfândega da Receita Federal do Brasil em Foz do Iguaçu/PR)