O Serviço de Vigilância Aduaneira da Alfândega da Receita Federal no Aeroporto do Galeão (Sevig/ALF/GIG), com a atuação de Analistas-Tributários, em operação de rotina na noite desta última quarta-feira (24/6), detectou uma mala contendo R$ 711 mil em espécie.
A mala foi despachada em voo doméstico por um passageiro de 28 anos, domiciliado em Aracaju (Sergipe). Durante a abordagem, ele negou ser proprietário do dinheiro e informou desconhecer a origem do recurso e a quantidade despachada.

Os servidores do Sevig comunicaram imediatamente a ocorrência à Polícia Federal, que reteve o dinheiro e conduziu o passageiro à delegacia. (Com informações da Receita Federal).

ATRFB em ação

Como atividade essencial à proteção da sociedade e do Estado, os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil que atuam na Aduana mantêm a rotina de trabalho nos postos de fronteira terrestre, aeroportos e portos de todo o país.

Inclusive, os Analistas-Tributários reforçaram sua atuação para contribuir com a sociedade nesse momento, reafirmando o objetivo de garantir controle aduaneiro nas atividades de importação e exportação e, principalmente, assegurar a realização das atividades de fiscalização, vigilância e repressão, mesmo durante a pandemia de coronavírus.

Os Analistas-Tributários estão na linha de frente atuando na facilitação do comércio exterior, mas agindo também para garantir o combate ao contrabando, descaminho e tráfico internacional de drogas por todo o país.

#sindireceita #analistatributário #receitafederal #Aduana #Apreensão #Fronteira