A Superintendência Regional da Receita Federal na 7ª Região Fiscal (RJ/ES) doou nesta sexta-feira, dia 27 de março, um total de 5 milhões de luvas para o Ministério da Saúde. O material será utilizado pelos profissionais da saúde que estão à frente do combate ao novo coronavírus.

A Superintendência, em conjunto com a Superintendência Regional da Receita Federal na 9ª Região Fiscal (PR/SC), também uniram esforços para incorporar materiais para uso de toda a Receita Federal: foram 1.312.500 máscaras e 1.440.000 luvas. Os itens serão utilizados pelos servidores que trabalham em aeroportos, portos, regiões de fronteiras e no atendimento à sociedade.

As luvas foram apreendidas pela Alfândega da Receita Federal no Porto de Itaguaí, no Rio de Janeiro. Já as máscaras foram apreendidas no Porto Seco Rocha Top, em São Francisco do Sul, em Santa Catarina.

Diante das necessidades oriundas da pandemia, todos os trâmites legais foram agilizados para a doação e para a incorporação. A retirada do material aconteceu no próprio Porto de Itaguaí.

A Receita Federal mantém sua atuação nas fronteiras brasileiras para contribuir com a sociedade nesse momento, reafirmando o objetivo de garantir controle aduaneiro nas atividades de importação e exportação e, principalmente, de assegurar a realização das atividades de fiscalização, vigilância e repressão, mesmo durante a pandemia de coronavírus. (Com informações da Seção de Comunicação Institucional (SACIN) – 7ª Região Fiscal RJ/ES)