Os Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil vêm mantendo sua rotina de trabalho nos postos de fronteira terrestre, aeroportos e portos de todo o país durante a pandemia de coronavírus. Na quarta-feira (8), a Equipe de Vigilância e Repressão, com a atuação de Analistas-Tributários, participou de ação no município de Mundo Novo/MS, onde identificou depósito utilizado para armazenagem de cigarros estrangeiros irregulares. No local, foi apreendido um caminhão carregado com milhares de maços de cigarros de origem paraguaia, carga estimada em cerca de R$ 1 milhão.

Durante operação realizada pela equipe do Grupo Regional de Vigilância e Repressão – GRVR, com atuação de Analistas-Tributários, foram retidas 6 mil unidades de fontes para aparelhos de internet por rádio em Goiânia/GO. As mercadorias, desprovidas de documentos que comprovem sua regular importação, foram avaliadas em R$ 240 mil.

Analistas-Tributários atuaram em retenção de veículo que transportava mercadorias de forma irregular em São José/SC, município de Florianópolis, na sexta-feira (10), durante operação conduzida pela Equipe de Vigilância e Repressão (EVR) da Alfândega da Receita Federal de Florianópolis. No interior do veículo, foram encontrados diversos volumes de vestuário e eletrônicos suspeitos de serem contrabandeados/descaminhados. O valor estimado das mercadorias é de R$ 50 mil.

No último sábado (11), o Grupo de Repressão (Grep) da Alfândega de Viracopos, com a atuação de Analistas-Tributários, participou de operação de repressão ao contrabando e descaminho em conjunto com a Polícia Rodoviária Estadual de São Paulo, na Rodovia Castelo Branco. Na ocasião, foram abordados dois ônibus de linhas interestaduais regulares. No interior dos bagageiros dos ônibus, foram encontrados oito “big bags” contendo mais de 40 mil caixas de essência para Narguilé, 21 celulares, 2.100 frontais e 250 baterias para celulares, 3.900 relógios e 1.200 óculos, além de fardos de vestuário, avaliados em aproximadamente R$ 500 mil. Além disso, foram retidos três volumes de encomendas para comprovação da regular importação. O peso total das mercadorias retidas foi de aproximadamente quatro toneladas.

Na noite desta terça-feira (14), Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil atuaram na retenção de um veículo carregado com 12.388 maços de cigarros ilegais, em Santa Vitória do Palmar/RS. A ação ocorreu durante operação conjunta da RFB e Polícia Federal (PF) deflagrada contra o contrabando de cigarros no município. Durante a verificação do carro, foi constatada a presença dos cigarros ilegais avaliados em R$ 60 mil.

Analistas-Tributários da Seção de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho (Sarep) atuaram na retenção de cerca de 150 encomendas irregulares em quatro ações realizadas nos Centros de Distribuição dos Correios nos municípios de Santo Ângelo/RS e Santa Rosa/RS, nas últimas duas semanas. Entre os itens retidos estão aparelhos celulares e bebidas alcoólicas, especialmente vinhos argentinos. Estima-se que o valor das mercadorias supere R$ 100 mil.

Na tarde desta quinta-feira (16), Analistas-Tributários atuaram na retenção de R$ 18 mil em aparelhos eletrônicos e bebidas alcoólicas, no Chuí/RS. A ação foi conduzida pelo plantão de bagagem da RFB no município. Os produtos não possuíam declaração aduaneira e estavam escondidos em um veículo que transportava três pessoas.

Atuação dos Analistas-Tributários
Como atividade essencial à proteção da sociedade e do Estado, os Analistas-Tributários reforçaram sua atuação para contribuir com a sociedade nesse momento, reafirmando o objetivo de garantir controle aduaneiro nas atividades de importação e exportação e, principalmente, assegurar a realização das atividades de fiscalização, vigilância e repressão, mesmo durante a pandemia de coronavírus.

Os Analistas-Tributários estão na linha de frente atuando na facilitação do comércio exterior, mas agindo também para garantir o combate ao contrabando, descaminho e tráfico internacional de drogas por todo o país.