No último sábado (2) em conjunto com o Batalhão da Polícia da Fronteira (BPFron), os Analistas-Tributários da Receita Federal atuaram na retenção de R$ 1 milhão em mercadorias ilegais em Medianeira e na Vila Portes, ambos no Paraná. As mercadorias de origem estrangeira, em sua maioria eletrônicos, foram localizadas no interior de cinco veículos (ônibus) que foram lacrados e escoltados pelas equipes até a Receita Federal em Foz do Iguaçu/PR.

Os Analistas-Tributários também atuaram na retenção de mercadorias irregulares na BR-174, que interliga a fronteira Brasil-Venezuela, no domingo (3). As mercadorias iriam ser comercializadas nos estados do Amazonas e do Pará. Foram retidos 28 volumes estimados em R$ 50 mil.

Outra retenção de mercadorias ilegais aconteceu nesta terça-feira (5) em Santa Terezinha de Itaipu/PR. A ação conjunta com o Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron) e a Polícia Rodoviária Federal resultou na retenção de quatro ônibus carregados com mercadorias estrangeiras. Os eletrônicos, vestuários, bebidas alcoólicas e brinquedos estavam no bagageiro dos veículos, que foram lacrados e encaminhados à Receita Federal em Foz do Iguaçu para verificação legal. Estima-se que o valor das mercadorias chegue a R$ 650 mil.

Os Analistas-Tributários atuaram ainda na apreensão de 345 kg de cocaína no Porto de Santos, no litoral de São Paulo, nesta quinta-feira (7). A droga estava escondida em uma carga de açúcar, que tinha como destino o Porto de Tema, em Gana, na África. A operação contou com apoio de cães de faro da Divisão de Repressão em São Paulo.

Também na terça-feira (5), os Analistas-Tributários atuaram na apreensão de 91,4 kg de cocaína no Aeroporto Internacional de São Paulo. A ação ocorreu com a colaboração da equipe k9. O entorpecente estava escondido em uma carga de 367 pacotes de café e tinha como destino a África. A droga foi encaminhada à Polícia Federal para o prosseguimento das investigações.

No mesmo dia, os servidores atuaram na apreensão de substância análoga à maconha na Ponte Internacional da Amizade/PR. A ação ocorreu por volta das 06h30, quando um veículo com placa paraguaia, ocupado apenas pelo condutor, foi selecionado para fiscalização. Durante a inspeção, foi encontrado um fundo falso no interior do veículo onde estavam os tabletes.