Ex-secretária da Receita depõe hoje

As maiores expectativas nesta semana no Congresso Nacional estarão depositadas na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado, que realiza hoje (18) audiência pública com a ex-secretária da Receita Federal, Lina Vieira. Ela deverá esclarecer as declarações de que teria participado de reunião com a ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, no fim de 2008.

Pela denúncia, Dilma teria pedido no encontro reservado que as auditorias do fisco nas empresas de Fernando Sarney, neto do presidente da Casa, fossem encerradas rapidamente. Dilma nega o encontro e qualquer pedido nesse sentido. Além disso, mantém a posição de que cabe à ex-secretária da Receita provar que houve o encontro. Lina, no entanto, promete apresentar aos senadores provas contundentes que confirmem a revelação, feitas há uma semana em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo. Os senadores da oposição pretendem fazer uma investida nos bastidores para garantir a convocação da ministra Dilma a dar explicações sobre o possível encontro. A estratégia da bancada do PSDB e DEM será esperar o depoimento da ex-secretária na CCJ para formalizarem a convocação. Mas os oposicionistas reconhecem não possuir maioria para aprovar a acareação. Com isso, deverão tentar aprovar a proposta em uma das comissões permanentes da Casa onde a base governista está enfraquecida, como na CPI da Petrobras. (Informações Congresso em Foco)

Em discurso presidente da Frente Parlamentar destaca articulação do Sindireceita




Notícias do Boletim 154 de 18/08/2009

  1. Reunião ordinária do CNRE será realizada nesta semana
  2. Crédito: Luiz Alves/Agência Câmara