O Sindireceita participou na tarde desta quarta-feira, dia 5 de fevereiro, em Brasília/DF, de mais uma reunião convocada pelo Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasefe). Na ocasião, os participantes debateram os eixos centrais de luta dos servidores para a campanha deste ano: defesa do serviço público, da carreira e dos direitos do funcionalismo público; lutas contra a diminuição da jornada de trabalho com diminuição salarial; impactos das reformas nas carreiras e nos salários do funcionalismo público, entre outros pontos.

O presidente do Sindireceita, Geraldo Seixas, solicitou algumas modificações no texto da pauta reivindicatória de 2020, ressaltando que há contradições postas no documento sobre os acordos salariais. Seixas destacou ainda que a luta das entidades é legítima e que o movimento deve ser global. “Estamos na linha do combate às PECs nº 438, da Regra de Ouro, e do Pacote Fiscal: nº 186 (Emergencial), nº 187 (Fundos Infraconstitucionais) e nº 188 (Pacto Federativo). Nossa intenção é nos aproximarmos ainda mais do Fonasefe, porque entendemos que esse movimento tem que ser global em defesa do serviço público”, disse.

Na oportunidade, participaram também da reunião pelo Sindireceita o secretário-geral, André Luiz Fernandes, o diretor de Assuntos Parlamentares, Sérgio Ricardo Moreira de Castro, e o diretor de Estudos Técnicos, Eduardo Schettino.

O encontro foi iniciado com informes das entidades que compõem o Fonasefe, seguida de uma avaliação de conjuntura. Na oportunidade, também foram discutidas estratégias e agenda de mobilização da Campanha Unificada dos Servidores para 2020. A data de 18 de março foi definida como uma das principais atividades, será o Dia Nacional de Lutas, com paralisações, manifestações e protestos em defesa do serviço público e contra a reforma administrativa. Também foram discutidas a preparação de atos para marcar datas históricas de luta das trabalhadoras e trabalhadores, no dia Internacional de luta das Mulheres (8 de março) e o 1º de Maio, Dia do Trabalhador.

O Fonasefe apontou ainda a realização, no dia 10 de fevereiro, de uma Reunião Ampliada entre as diversas categorias de servidores e, no dia 12 de fevereiro, um ato das Centrais Sindicais e entidades sindicais na Câmara dos Deputados, seguido do lançamento da Campanha 2020.