Sílvia Felismino foi uma das convidadas para as discussões que fazem parte da programação da campanha "Fim aos Paraísos Fiscais”

Uma mesa de diálogos com o tema “Fim aos Paraísos Fiscais” reuniu, nessa quinta-feira, dia 24 de maio, representantes da sociedade civil, do Poder Executivo e do Parlamento para debater o fim do sigilo fiscal absoluto. Sílvia Felismino, presidente do Sindireceita, foi uma das convidadas para o evento. As discussões fazem parte da programação da campanha desse ano, lançada recentemente no Brasil, e que tem como lema “Lidera, Dilma!”.

O debate exige que os líderes do G20 adotem medidas concretas para por fim ao sigilo absoluto de jurisdições em matéria fiscal. A intenção da sociedade civil é ouvir do Executivo como o governo brasileiro tem conduzido o tema fim do sigilo fiscal absoluto dentro das negociações dos líderes do G20 e no âmbito do Fórum Global sobre Transparência, da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Por outro lado, a Mesa de Diálogos tem o objetivo de proporcionar a outros atores da sociedade brasileira a oportunidade de apresentar sua avaliação e seus posicionamentos sobre essa agenda de transparência.   Para discutir esses e outros assuntos relacionados aos paraísos fiscais, a Mesa de Diálogos contou com os seguintes representantes: deputado Paulo Rubem Santiago (PDT/PE); Celso Arruda França, chefe da Divisão de Cooperação Financeira e Tributária (DFC) do Itamaraty; Lucídio Bicalho, assessor do Instituto de Estudos Socioeconômicos e representante da Campanha Fim aos Paraísos Fiscais; Pedro Gontijo, secretário Executivo da Comissão Brasileira Justiça e Paz (CBJP); Adhemar Mineiro, assessor de Relações Internacionais do DIEESE e moderador da mesa; e Heráclio Mendes, diretor do Sinprofaz.

O Deputado Paulo Rubem Santiago (PDT-PE) agradeceu a presença do Sindireceita e elogiou a entidade

Na oportunidade, o deputado federal Paulo Rubem Santiago (PDT-PE) agradeceu a presença da presidenta do Sindireceita e elogiou a entidade pelos VT’s que integram a campanha institucional do Sindireceita. O parlamentar afirmou que assiste assiduamente os vídeos  transmitidos nos intervalos de telejornais da TV Globo Brasília/DF (Bom dia Brasil, Bom dia DF e Jornal da Globo) e em intervalos na programação Globo News Brasília/DF. O deputado relatou ainda que concorda totalmente com as colocaçãos apresentadas no referido trabalho do Sindireceita.

Em relação às discurssões da plenária, Paulo Rubem disse ainda acreditar que o problema debatido possa ser resolvido com aperfeiçoamento na legislação dos países. “Isso servirá para coibir que esse dinheiro sujo chegue ao Brasil e seja recebido como investimento importante para o desenvolvimento da economia nacional”, afirmou.   Mais de 50 organizações em todo o mundo se mobilizam para exigir que os líderes do G20 adotem medidas efetivas para por fim ao sigilo absoluto de jurisdições em matéria fiscal. Para que a presidenta Dilma Rousseff lidere a iniciativa, o cidadão poderá entrar no site www.fimaosparaisosfiscais.org e enviar uma mensagem que será encaminhada para a presidência da República. A campanha tem o objetivo de enviar o máximo de assinaturas da sociedade para chefes de Estado do G20 até a Cúpula no México que ocorrerá em junho deste ano.

O manifesto pontua vários prejuízos acarretados pelos paraísos fiscais estimados em cerca de 60 países ou dependências. No Brasil, o Banco Central informa envio, entre 2007 e 2009, na forma de Investimento Brasileiro Direto (IBD) de 260 bilhões de dólares para as Ilhas Cayman, Ilhas Virgens Britânicas e Bahamas. Essas remessas acabam influenciando nos precários serviços básicos oferecidos às populações de países em desenvolvimento. Os organizadores da campanha sustentam que um sistema tributário e financeiro sem rigidez gera políticas públicas precárias, com deficiências em áreas primordiais, a exemplo da saúde e educação.




Notícias do Boletim nº 097 de 25 de maio de 2012

  1. Novos filiados
  2. Vagas para ATRFB’s e chefias
  3. Editais de convocação AGNU da DS Salvador/BA
  4. Editais de convocação AGNU da DS Florianópolis/SC
  5. Edital de Convocação da DS São Luís/MA
  6. Edital de Convocação para AGNU da DS Porto Alegre/RS
  7. Edital de Convocação para AGNU da DS Itajaí/SC
  8. Edital de Convocação para AGNU e Assembleia Local da DS Campinas
  9. Edital de Convocação para AGNU da DS Manaus
  10. Edital de Convocação para AGNU da DS Maceió/AL
  11. Edital de Convocação para AGNU da DS Belém
  12. Edital de Convocação para AGNU da DS Ponta Grossa/PR
  13. 2. Edital de Convocação para AGNU da DS Maringá/PR
  14. 1. Edital de Convocação de AGNU da DS Maringá/PR
  15. Edital de Convocação para AGNU da DS Joinville/SC
  16. Edital de Convocação para AGNU da DS Niterói/RJ
  17. 2. Edital de Convocação para AGNU da DS Campo Grande/MS
  18. 1. Edital de Convocação para AGNU da DS Campo Grande/MS
  19. Edital de Convocação para AGNU da DS Rio de Janeiro/RJ
  20. 2. Edital de Convocação para AGNU da DS Foz do Iguaçu/PR
  21. Edital de Convocação para AGNU e Assembleia Local da DS Osasco/Barueri/SP
  22. Edital de Convocação para AGNU da DS Sorocaba/SP
  23. Edital de Convocação para AGNU da DS Marília/SP
  24. Edital de Convocação para AGNU da DS Ribeirão Preto/SP, Araraquara/SP e Franca/SP
  25. 1-Edital de Convocação para AGNU da DS Cumbica/Guarulhos/SP
  26. Edital de Convocação para AGNU da DS Ceará
  27. Editais de convocação para AGNU no Estado do Rio de Janeiro
  28. Esclarecimento sobre os Editais de Convocação da AGNU
  29. Edital de Convocação AGNU
  30. Edital de Convocação AGNU
  31. Informe DEN – Avaliação de Conjuntura e Indicativos para AGNU de 21 a 25 de maio
  32. Informe AGNU – Envio dos resultados
  33. Convocação reunião do CMN – 26 e 27 de maio
  34. Parecer da DAJ sobre o porte de armas
  35. Câmara dos Deputados realiza Sessão Solene em homenagem aos 20 anos do Sindireceita
  36. Próximo concurso da RFB terá 750 vagas para Analistas-Tributários e 200 para auditor-fiscal
  37. Sindireceita traça estratégias para aprovação da PEC 147/12
  38. Sindireceita participa do debate sobre o combate aos Paraísos Fiscais
  39. O concurso público e o reconhecimento do Analista-Tributário