A Diretoria Executiva Nacional do Sindireceita intensifica nesta quinta-feira, 11/07, o trabalho parlamentar de combate à PEC 06, que trata da reforma da Previdência e que teve seu texto-base aprovado ontem, 10/07, em primeiro turno na Câmara dos Deputados por 379 votos a 131. Hoje os parlamentares vão analisar destaques que podem alterar alguns pontos do texto-base. A quarta-feira foi de muito trabalho para os diretores do Sindireceita nos gabinetes e corredores da Câmara dos Deputados e nesta quinta-feira a DEN continuará com o trabalho parlamentar durante todo o dia, pois o plenário continua hoje votação da reforma da Previdência.
O texto-base aprovado é o substitutivo do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), que aumenta o tempo para se aposentar, limita o benefício à média de todos os salários, eleva as alíquotas de contribuição, reduz as pensões por morte, aumenta o limite de idade de aposentadoria para todos os trabalhadores, restringe o acesso aos benefícios do Pis-Pasep, entre outros prejuízos.

O Sindireceita vem realizando intenso trabalho parlamentar no Congresso Nacional, buscando mudanças no texto da reforma da Previdência. Com esse objetivo, o presidente do Sindireceita, Geraldo Seixas, acompanhou a votação no Congresso Nacional nesta quarta-feira (10) e conversou com parlamentares. Seixas, que acompanha a votação na Câmara dos Deputados, aguardou reunião com líderes de partidos na Liderança do PP, para tentar aprovar alguns destaques. “Ficamos prejudicados em alguns pontos que vínhamos tentando melhorar, como a pensão por morte, a questão das alíquotas, do Funpresp, a transição em relação à idade mínima, os regimes de previdência geral e próprio, enfim, tudo isso fica um pouco prejudicado. Mas dentro dos destaques que foram apresentados, vamos tentar ainda algum acordo para que nossos servidores não sejam tão prejudicados” enfatizou. Geraldo Seixas também pediu a todos que permaneçam unidos para barrar essa reforma tão nefasta às classes trabalhadoras.

O presidente do Sindireceita também comentou as estratégias governamentais e destacou que o trabalho é para minimizar os danos provocados até agora. “Trabalhamos com foco nos destaques e peço que todos continuem mobilizados nas ruas e nas redes sociais que têm grande importância para esse governo. Continuamos nesta quinta-feira na Câmara em conversas e reuniões com parlamentares na luta contra essa nefasta reforma”, afirmou.

Confira a entrevista concedida pelo presidente do Sindireceita, Geraldo Seixas, à TV do Servidor durante o trabalho parlamentar realizado nesta quarta-feira, 10/11.