Durante todo o dia, o diretor da DEN Sérgio de Castro acompanhou o trabalho do deputado federal e ex-presidente da Câmara Marco Maia que fez gestões para que a proposta foi incluída na ordem do dia e votada em Plenário.

Durante todo o dia, o diretor da DEN Sérgio de Castro acompanhou o trabalho do deputado federal e ex-presidente da Câmara Marco Maia que fez gestões para que a proposta fosse incluída na ordem do dia e votada em Plenário

 

Foi aprovado no Plenário da Câmara dos Deputados na noite da última terça-feira, dia 23, o Projeto de Lei 4.904/12 que reajusta os salários dos Analistas-Tributários e dos demais servidores públicos incluídos na proposta. A matéria agora será enviada à sanção da Presidência da República.

O reajuste de 15,8%, divido em três parcelas, deverá ser implementado na folha de pagamento de maio, com recebimento em junho. A Diretoria Executiva Nacional (DEN) do Sindireceita lembra que o reajuste é retroativo à janeiro e que já iniciou as gestões junto aos ministérios do Planejamento e da Fazenda para que os valores das parcelas retroativas possam ser pagos em folha suplementar, o mais breve possível.

A Diretoria Executiva Nacional do Sindireceita acompanhou o andamento das votações na Câmara dos Deputados. O diretor da DEN Sérgio de Castro manteve contato com as lideranças no Congresso pela aprovação do PL que reajusta os salários dos Analistas-Tributário e, também, acompanhou o trabalho do deputado federal e ex-presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, que fez gestões para que a proposta fosse incluída na ordem do dia e votada em Plenário.

Categoria demonstrou maturidade no processo de negociação

A aprovação do reajuste na Câmara dos Deputados encerra uma negociação que começou ainda em 2010, primeiro ano do governo Dilma. Como não poderia ser diferente, enfrentamos de forma unida e coesa esse longo processo de negociação e mostramos, por diversas vezes, nossa força e convicção. É fato que o reajuste de 15,8% nem de longe atende às necessidades da categoria, mas é preciso reconhecer também que, no cenário em que ocorreu o processo negocial, foi o percentual possível, concedido inclusive para o conjunto do serviço público, especialmente para o grupo das carreiras típicas de Estado.

A categoria soube de forma madura e consciente compreender todas as dificuldades envolvidas no contexto da negociação e, em tempo, reconheceu a importância naquele momento e decidiu pela assinatura do acordo. Se não conquistamos ainda a tabela salarial desejada por todos, essa negociação marcou de forma definitiva a atuação dos Analistas-Tributários e do seu Sindicato.

Em todos os momentos esta Diretoria Executiva Nacional manteve delegados sindicais e as bases munidas das informações necessárias para que de forma consciente pudesse avaliar e decidir o caminho a ser seguido. Em momento algum esta DEN vendeu à categoria ilusões ou embarcou em aventuras que só serviriam para expor de forma negativa e causar prejuízos aos profissionais que integram nosso valoroso cargo.

A aprovação da proposta de reajuste é sim uma vitória para a categoria e para o Sindireceita. Venceu a seriedade, o compromisso e a determinação. Nossa luta pela valorização do cargo não se encerra com a aprovação do reajuste. Este foi apenas mais um passo rumo a consolidação de uma tabela remuneratória que faça jus a importância do trabalho realizado pelo Analista-Tributário da Receita Federal do Brasil.

Agradecimento aos parlamentares e lideranças do Sindireceita

Nesse momento, é preciso reconhecer o trabalho incansável de inúmeros deputados e senadores que estiveram ao lado do Sindireceita, em especial, o deputado federal e ex-presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia, que fez todo o esforço possível em defesa dos interesses dos Analistas-Tributários. Da mesma forma, agradecemos imensamente o deputado federal Paulo Pimenta (PT/RS), presidente da Comissão do Orçamento, que sempre esteve ao lado do Sindireceita. É hora de agradecer ao ex-deputado e ex-líder do governo no Congresso Nacional Gilmar Machado que tanto colaborou com a categoria no processo negocial atuando com interlocutor junto ao Executivo sempre que foi necessário. Parabenizamos também os deputados federais André Figueiredo (PDT/CE) e Amauri Teixeira (PT/BA) que esforçaram-se ao máximo para que fosse possível concretizar esse reajuste. Da mesma maneira, a categoria agradece o empenho do senador Walter Pinheiro (PT/BA), líder do PT no Senado, que em momentos decisivos foi preciso em sua atuação em favor dos Analistas-Tributários.

 

A Diretoria Executiva Nacional também aproveita esta oportunidade para demonstrar todo apreço aos delegados sindicais e aos Analistas-Tributários que confiaram no trabalho realizado em Brasília. Fiquem certos que não faltará empenho e determinação a esta Diretoria na luta por valorização do nosso cargo.